Como abrir sua clínica ou consultório médico?

Realizar seu sonho e abrir seu próprio consultório médico exige que você compreenda algumas questões sobre gestão de negócios. Planejamento aqui será a chave de tudo.

Gerir o setor administrativo, financeiro e organizacional demanda conhecimento. E tirar seu sonho do papel não é fácil. Por isso, trouxemos este artigo! 

Seguindo estes passos você saberá por onde começar e o que você deve incluir no planejamento de negócio. 

Vamos lá?

Escolha a categoria do seu consultório médico

O primeiro passo é escolher a categoria do seu consultório médico, as opções são:

  • Clínica popular: Costuma ter baixo custo tanto no valor para manter, quando no valor do atendimento. Seus atendimentos são mais rápidos, e voltados para casos clínicos menos complicados. Geralmente os profissionais são clínicos gerais. 
  • Clínicas integradas: Este modelo conta com uma sociedade entre colegas de especialidades diferentes. 
  • Clínicas de diagnóstico especializada: Tem como objetivo diagnosticar doenças um pouco mais complicadas. O consultório demanda de alguns equipamentos para a realização de exames para que o médico consiga acompanhar de fato o quadro do paciente.
  • Clínicas especializadas: Neste caso, além do médico atendente possuir uma especialidade, ele deve ser especialista em algo mais específico. Como por exemplo: Cardio cirurgião especialista em transplantes. 

Encontre um lugar para montar seu consultório médico

A escolha do lugar depende da sua categoria. Dessa forma você saberá quantos ambientes serão necessários para desenvolver seus atendimentos. 

Além do mais, sua localização é um fator decisivo, pois ele não pode ser fora de mão para o seu público alvo.

Uma boa ideia é procurar se estabelecer nas áreas mais centrais da cidade. 

Lembre-se de prezar por lugares bem arejados, com bastante luminosidade natural. 

Não se esqueça de estabelecer um preço médio para o seu aluguel, ou até mesmo o quanto você pretende investir para a compra de um lugar. 

Esteja em dia com a vigilância sanitária

Começar um empreendimento na área da saúde requer a regularização do consultório.

Por ser tratar de um estabelecimento que lida com a saúde das pessoas, alguns processos bastante burocráticos se fazem necessários.

Isso vai garantir que seu consultório esteja totalmente alinhado com o que é exigido pela lei. 

Para abrir um consultório regularizado, existem pelo menos quatro etapas iniciais:

  • Obtenção da Licença da Vigilância Sanitária;
  • Obtenção do CNES – Cadastro Nacional de Estabelecimento de Saúde;
  • Obtenção do Alvará da Prefeitura;
  • Certificado da LIMPURB.

Leve em conta sua decoração

Pense em garantir um local aconchegante para seus pacientes. Suas poltronas ou até mesmo o sofá da sala de espera, devem ser confortáveis. 

Pense em combinar cores calmas para garantir uma harmonia em todo o ambiente. Almofadas, a tapetes e cortinas podem combinar.

Tenham opções de revistas para que as pessoas possam passar o tempo ali. Uma televisão ou uma música ambiente podem ser uma ótima ideia. 

Divulgue seu trabalho

Marketing se faz extremamente necessário aqui. O seu trabalho, assim como os atendimentos desenvolvidos na clínica, devem ser divulgados.

Afinal de contas, as pessoas não irão optar por você se não souberem que você existe e qual sua especialidade.

Marketing digital pode ser a melhor opção para você, uma vez que a ideia não é fazer altos investimentos. Com o marketing digital é possível desenvolver uma estratégia mais certeira. 

Em resumo, você investe menos e alcançar mais pessoas, que realmente possam se interessar pelos seus serviços. 

Conte com um software, desde o início!

A tecnologia é essencial para garantir o sucesso do seu consultório médico. As vantagens da sua utilização refletem em diversos setores de sua clínica. 

Contar com um software médico na sua gestão desde o início do seu negócio irá garantir que você tenha relatórios precisos, controle sobre seus atendimentos e uma gestão financeira e administrativa competente.

Os 7 principais benefícios dessa escolha são:

  1. Segurança sobre todos as informações armazenadas no sistema;
  2. Controle total e eficiente da gestão financeira (fluxo de caixa, entradas e saídas, custo do consultório);
  3. Acessibilidade de dados mesmo fora do ambiente de trabalho (fácil acesso às informações de forma remota);
  4. Otimização do tempo (as tarefas podem ser feitas de forma muito mais rápida, e até mesmo automática); 
  5. Mais organização (suas atividades administrativas e financeiras podem ser padronizadas através do sistema);
  6. Agenda médica online( controle absoluto e facilitado dos agendamentos);
  7. Integração de dados (Cruzamento de informações e dados para que o gestor tenha visão ampla da situação do consultório);

Contar com um software de gestão médica eficiente é essencial para alcançar bons resultados no seu negócio. Conheça as funcionalidades do Doctor Max!

Como abrir sua clínica ou consultório médico?


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *